Prototipagem de Alimentos

15/09/2018 - 16/09/2018 16 horas

Neste módulo opcional da Formação em Gestão de P&D vamos para dentro de uma planta-piloto, tirar as ideias do papel, desenvolver alimentos reais enquanto discutimos as estratégias que são mais adequadas a projetos de alimentos.

Já pensou que projetos disruptivos devem ser abordados de forma diferente dos incrementais? Falaremos sobre o valor e a função de protótipos, a tradução do briefing em formulação e o mapeamento ideal de testes de alimentos. Um olhar de Gestor de P&D para o planejamento e condução da jornada de criação de um alimento!

Objetivos

Desenvolver formulações e protótipos de alimentos com visão sistêmica e análise crítica. Desenvolver produtos que sejam passíveis de reprodução em uma planta industrial, considerando: compra de matérias-primas e embalagens, pesagem e dosimetria, requerimentos de segurança de alimentos, entre outros.

Público Alvo

Visionários de alimentos. Empreendedores de Alimentos. Analistas de P&D e Qualidade. Gestores de P&D e Qualidade. Profissionais da área de alimentos. Profissionais responsáveis pelo desenvolvimento de produtos e serviços

 Conteúdo
  • Protótipos: o que são e para que servem?
  • Transformando o briefing em uma formulação
  • Campo de soluções possíveis para o projeto
  • Mapeamento dos Testes de acordo com o nível de inovação do projeto
  • Dicas práticas de formulação: arredondamento, pesagem, número de ingredientes
  • Dicas práticas de escalonamento
  • Prática: Testes de bancada para avaliação da formulação
  • Prática: Testes piloto para criação do protótipo
  • Prática: Avaliação sensorial
  • Resultados alcançados versus briefing

Vamos desenvolver um produto em sala de aula!

Facilitador
Autor
Cristina Leonhardt 

Cristina Leonhardt, engenheira de alimentos formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com MBA em Gestão Empresarial pela FGV.
Atua na área de Pesquisa e Desenvolvimento há mais de 15 anos, em empresas de ingredientes nacionais e multinacionais. Colunista do Food Safety Brazil, foi Coordenadora de Segurança de Alimentos para implementação da ISO 22.000, e Gerente de P&D e Qualidade.
Fundadora do site Sra Inovadeira, que incentiva a inovação em alimentos da indústria brasileira, através de material de referência e cursos de formação em inovação e Pesquisa e Desenvolvimento.
Em 2016, Dafné Didier e Cristina Leonhardt fundaram a Tacta Food School, empresa de educação continuada na área técnica de alimentos.

Local
Espaço Guanabara – R. Dr. Oswaldo Cruz, 300 – Guanabara, Campinas – SP, 13076-260
www.espacoguanabara.com.br
Horário

Das 08:30 as 17:30

Quais são as formas de pagamento?

Parcelado em 3x no Cartão de Crédito; ou

À vista com desconto de 4,8%.

Investimento

R$1.500,00

Fora de estoque

Gostaria desse curso na sua cidade?





ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Faça parte da nossa rede
para receber conteúdo de primeira
e interagir com profissionais do setor!

Voltar ao topo Voltar ao topo